Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

08/09/2012 às 12:10

RS investe em sistema virtual para avaliação de espécies ameaçadas

Escrito por: Redação
Fonte: G1

Está prevista para ser lançada oficialmente em 2013 uma nova lista de espécies da fauna silvestre ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul. Os dados ficarão armazenados em um sistema virtual, desenvolvido pela Fundação Zoobotânica do estado (FZB) e pela Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs), por meio de recursos da Secretaria do Meio Ambiente (Sema).

O objetivo da criação do sistema é promover a reavaliação da lista de espécies que correm risco de desaparecer no estado. A única relação que existe foi elaborada em 2002, a partir do decreto nº 41.672. "Dessa forma, além de inovar, estamos efetivando uma medida prevista no Código Estadual do Meio Ambiente", ressaltou a diretora do Museu de Ciências Naturais da FZB, Simone Mirapalhete.

Coordenador da comissão técnica do processo, o biólogo Glayson Bencke destaca as opções que o banco de dados dará aos especialistas. "Os diferenciais em comparação com bancos de dados comuns são as funcionalidades de aplicação assistida dos critérios de avaliação da União Mundial para a Natureza (IUCN), a possibilidade de se documentar, compartilhar, gerenciar e sistematizar as opiniões de diferentes pesquisadores durante o processo de elaboração e revisão da lista, e a interface com recursos de geoprocessamento, tudo isso via web", explicou.

A comissão é formada por pesquisadores do Museu de Ciências Naturais da FZB, PUCRS e UFRGS e trabalha desde julho de 2011 na revisão da lista de espécies ameaçadas. Na etapa atual, será agregado o conhecimento de pesquisadores envolvidos nos diferentes grupos biológicos, a partir da realização de dois workshops.

O primeiro será realizado de 12 a 14 de setembro, no Auditório do Centro de Eventos do Instituto de Informática da UFRGS, e contará com a presença de mais de 140 pesquisadores. Nesse encontro será apresentado o sistema, realizado o treinamento e divisão dos grupos para melhor aplicação de metodologias de reavaliação das espécies.

Depois, haverá um prazo de 90 dias para a aplicação dos formulários entre pesquisadores, avaliadores e colaboradores. Em dezembro, será feito o segundo workshop para a conclusão dos trabalhos e validação da lista, incluindo a disponibilização para consulta pública.

A nova lista de espécies da fauna silvestre ameaçada de extinção será entregue oficialmente no começo de 2013.