Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

30/04/2008 às 08:42

Sardenberg defende investimento em desenvolvimento tecnológico como contrapartida

Escrito por: Lúcia Berbert
Fonte: Tele Síntese

O presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, disse hoje que o investimento em desenvolvimento tecnológico pelas empresas deve ser uma das contrapartidas que virá nas mudanças em estudo para o PGO (Plano Geral de Outorgas). "Isso é um benefício para a sociedade no sentido amplo, para o país, para o desenvolvimento e para o conhecimento", justificou. Ele disse que já conversou com o ministro de Ciência e Tecnologia e acha que o assunto está no caminho certo.

- Nós esperamos que se faça mais uso das possibilidades de desenvolver tecnologia no Brasil. Não é só de conhecimento, mas também chegar ao mercado. Nós temos a expecativa de que se dê mais ênfase ao desenvolvimento da tecnologia nacional.  Há 10 anos, o país era problema em relação a telecomunicações, agora o Brasil é um dos maiores mercados, então a tecnologia nacional também precisa  crescer", disse.

Fusão
Sobre a fusão da Oi com a Brasil Telecom antes da mudança do PGO, Sardenberg não vê problemas."As alterações que estão sendo estudadas vale para todo mundo. É um regime novo que está sendo instaurado", disse. Ele admite que pode incluir a manutenção de empregos pelas duas telefônicas no processo de anuência prévia, que tramitará apenas após a mudança do PGO. Porém , afirmou que o principal é que o processo da fusão contemple o benefício para a sociedade e para a competição.

Sardenberg recebeu hoje o presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, que foi comunicar sobre a operação. A informação com a documentação será repassada ao Cade que, por sua vez, irá sortear um relator para a matéria, mesmo antes da chegada do processo de instrução, que somente será iniciado na Anatel após a mudança do PGO.