Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

13/03/2017 às 17:55

Site de time do goleiro Bruno é hackeado: 'Onde está Eliza?'

Escrito por: Juliana Contaifer
Fonte: Metrópoles

Em nota, o presidente do clube afirma que 'o trabalho dignifica o homem' e que o clube tenta 'cooperar com a recuperação de um ser humano'

O site do Boa Esporte, novo time do goleiro Bruno, foi hackeado neste domingo (12/3). O grupo Anonymous Brasil invadiu o site oficial do clube, publicou a foto de um homem usando uma máscara de cachorro e um artigo com o título “E aí, Bruno já disse onde está o corpo da Eliza?”
 
Minutos depois, a página foi atualizada com um manifesto contra o feminicídio e com uma mensagem de repúdio à contratação do goleiro. “Esse ato é uma demonstração de repúdio ao Boa Esporte Clube e a todos os seus patrocinadores por apoiarem diretamente o feminicídio”.
 
Por conta da invasão, o presidente do clube mineiro, Rone Moraes da Costa, afirmou, em nota oficial que tenta ajudar um atleta a se ressocializar.
 
“E ninguém pode negar que não existe vida em sociedade mais digna (do que a) vida no trabalho. Quem nunca ouviu: o trabalho dignifica o homem? Então o argumento seria asqueroso, nojento ou imoral (a contratação do atleta Bruno), antes de mais nada, legalmente, faz parte da obrigação social da empresa, da sociedade em cooperar com a recuperação de um ser humano”, escreveu.
 
Costa seguiu com a mensagem. “Aqui não se condena a morte ou prisão perpetua. Enquanto isso não refletir a regra legal, a regra é que o egresso, o criminoso colocado em liberdade, possa obter meios de viver em sociedade, trabalhando e procurando dignidade em sua vida.”