Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

04/06/2014 às 12:03

Snowden tramita renovação de seu asilo temporário na Rússia

Escrito por: Redação
Fonte: Exame

O ex-analista da CIA Edward Snowden está tramitando a renovação de seu asilo temporário na Rússia, que expira em 1º de agosto

Moscou - O ex-analista da CIA Edward Snowden, que revelou uma trama de espionagem massiva dos serviços secretos dos Estados Unidos, está tramitando a renovação de seu asilo temporário na Rússia, que expira em 1º de agosto, disse nesta quarta-feira seu assessor legal, Anatoli Kucherena.

"Está tudo bem", disse Kucherena à agência "Interfax". "Estamos tramitando a renovação de seu status. É o homem mais perseguido do planeta Terra".

O advogado saiu assim à passagem das recentes declarações à "Rede Globo" do próprio Snowden, que chegou à Rússia em 23 de junho de 2013 procedente de Hong Kong, sobre quem poderia estar interessado em solicitar asilo no Brasil.

"Meu prazo de asilo aqui (na Rússia) expira no início de agosto. Se o Brasil me conceder asilo, aceitaria a proposta com prazer. Eu gostaria muito de viver no Brasil", disse.

O assessor reconheceu hoje que o exílio russo de Snowden não está sendo fácil, já que o ex-analista sente saudades de seu país de origem.

"Seus passos e convicções, o que ele conta e o que eu sei, merecem respeito. Um homem que sabia que estava condenado revelou informação sobre a situação dos direitos dos americanos e os habitantes de outros países", destacou.

Kucherena ressaltou que Snowden "compreendia que depois o perseguiriam, mas decidiu tornar pública essa informação".

"Digam o que disserem, o que ele fez não fez por dinheiro, mas exclusivamente por convicção. Por um lado, o serviço público, por outro, as massivas violações dos direitos humanos. Imagine-se seu estado moral sob essa pressão. Mas ele entendeu que não podia agir de outra forma", analisou.

Após vários meses de silêncio, Snowden reapareceu em meados de abril na televisão russa para fazer uma pergunta ao vivo ao presidente russo, Vladimir Putin, sobre as escutas das comunicações privadas por parte dos serviços secretos russos.

Além disso, recentemente, ele concedeu uma entrevista à rede de televisão "NBC" na qual assegurou que foi treinado como um "espião" e que assessorou funcionários de alto escalão do governo.

Enquanto isso o secretário de Estado americano, John Kerry, que acusou Snowden de pôr em perigo a segurança do país com suas revelações, lhe pediu para "ser homem" e retornar aos Estados Unidos para fazer frente às acusações abertas contra ele.

Snowden, que é acusado pelos EUA de espionagem e traição, conseguiu emprego na Rússia no setor da tecnologia da informação. Por motivos de segurança, seu paradeiro se mantém em segredo.