Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

13/11/2015 às 13:20

Terrorista do EI que decapitou jornalistas morre em ataque dos EUA na Síria

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Jihadista teria morrido em ataque dos EUA na Síria

O britânico Mohammed Emwazi, conhecido como "Jihadi John", um dos terroristas mais procurados do mundo por aparecer em uma série de vídeos decapitando ocidentais, entre eles, diversos jornalistas, morreu nesta sexta-feira (13/11) em um ataque dos Estados Unidos na Síria.
 
Segundo a BBC, a informação foi confirmada por fontes militares. Emwazi e uma pessoa que o acompanhava morreram quando as forças dos EUA atacaram o veículo no qual os dois estavam em Raqqa.
 
"Jihadi John" nasceu no Kuwait, em 1988, e apareceu nos vídeos do Estado Islâmico (EI) que mostravam as execuções dos jornalistas americanos Steven Sotloff e James Foley, e do repórter japonês Kenji Goto. 
 
Além dos profissionais de imprensa, também é responsável pela decapitação do voluntário americano Abdul-Rahman Kassig e dos britânicos David Haines e Alan Henning.
 
O jihadista chamou a atenção do serviço secreto britânico em agosto do ano passado, quando o EI divulgou uma gravação na qual ele aparecia encapuzado, decapitando Foley. O terrorista deixou o Reino Unido em 2013 para viajar à Síria e se juntar ao grupo extremista.