Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

24/04/2017 às 19:36

TIM implantou cerca de 1000 antenas para ter 4G em 700 MHz em Brasília

Escrito por: Ana Paula Lobo
Fonte: Convergência Digital

Cinco meses depois do desligamento dos sinais analógicos de televisão em Brasília. a capital recebeu nesta sexta-feira, 21/04, a primeira operação de 4G na faixa de 700 MHz da TIM Brasil.  Em entrevista ao portal Convergência Digital, o CTO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville, revelou que cerca de 1000 novas antenas foram instaladas. 
 
"Houve uma modernização relevante tanto do ponto de vista de impacto virtual, por ser uma antena mais moderna, como de performance. Todas as novas antenas são multiband, sendo que cada site, tem de três a seis antenas", explica Capdeville. Segundo ainda o executivo, o uso do 700 Mhz permitirá ampliar a cobertura indoor em mais de 90%.
 
"A qualidade vai aumentar muito porque 700 Mhz oferece mais cobertura, mais frequência e mais capacidade, o que resulta em mais qualidade", acrescenta Capdeville. O serviço de voz em LTE é uma grande aposta, mas passará por um período de teste. O lançamento está previsto para julho. "Não tem como acontecer interrupção no serviço de voz. Em dados, se há uma instabilidade, o usuário muitas vezes, nem percebe. Mas na voz, causa o fim da chamada. São necessários ajustes para garantir um bom serviço e é isso que vamos fazer", diz o CTO da TIM.
 
Nos planos de expansão da TIM Brasil no uso do 700 MHz, os próximos passos são as capitais do Nordeste, Centro-Oeste e Norte. "Nessas localidades, já começamos a mudança para o 700 MHz e estamos acompanhando muito de perto o cronograma da TV Digital. São Paulo, que já desligou o sinal analógico, é mais complexo e só deve ter 4G em 700 MHz em 2018. "Será necessário rearranjar o espectro em todo o cinturão ao redor de São Paulo. Uma antena em Indaiatuba, interior de São Paulo, por exemplo, pode interferir e prejudicar o serviço", completa Leonardo Capdeville. O fornecedor do 4G em 700 MHz em Brasília é a Ericsson.