Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/05/2016 às 13:47

Tribunal nega ação de Erdogan contra presidente de conglomerado de mídia alemão

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

A Justiça alemã negou na última terça-feira (10/5) o pedido de medida preventiva contra o presidente do conglomerado de mídia alemão Axel Springer, o jornalista Mathias Döpfner, feito pelo líder turco Recep Tayyip Erdogan.
 
 
De acordo com a Deutsche Welle, o tribunal usou como argumento a liberdade de expressão, defendeu que as declarações do jornalista são admissíveis em um contexto de formação de opinião pública sobre um controverso debate e que não são ofensivas ao presidente. 
 
Erdogan entrou com o pedido depois que Döpfner reproduziu, em uma carta aberta, o polêmico poema do humorista Jan Böhmermann. O texto contém expressões de baixo calão e acusa o líder de reprimir minorias e maltratar curdos e cristãos.
 
A Associação de Jornalistas Alemães elogiou a decisão da corte e cobrou que o governo alemão cumpra a promessa de retirar do Código Penal o parágrafo 103, que fundamenta a acusação de Erdogan contra o humorista.