Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

22/07/2016 às 17:18

Universitários são fiéis ao WhatsApp?

Escrito por: Redação
Fonte: Comunique-se

“Você já pensou em substituir o WhatsApp?”. Com essa pergunta, a equipe do Passeidireto.com, site voltado ao meio acadêmico que busca levar conhecimentos a universitários, fez em pesquisa realizada para saber o nível de fidelização que o aplicativo de mensagens tem entre os estudantes brasileiros. Ao todo, os organizadores entrevistaram 2.212 graduandos espalhados pelas mais diversas instituições de ensino do país.
 
Dos respondentes, 23,9% afirmaram que não substituiriam o serviço mantido pelo Facebook por algum similar, como o Telegram, por exemplo. O número é maior do que a parcela que se mostrou disposta a eventualmente trocar o app por algum outro recurso parecido, já que 22%,4 dos informaram que estão “abertos a experimentar outros aplicativos”. Bem abaixo, o público universitário que trocaria o WhatsApp por envios de SMS representa 11,7%.
 
Apesar de contar a fidelizada de boa parte do público universitário brasileiro e não sendo tão ameaçado, de acordo com o levantamento, por outros aplicativos de mensagens instantâneas, o WhatsApp corre o risco de perder espaço para as redes sociais. A pesquisa mostra que 42% dos entrevistados contaram que “fariam a escolha de substituir o serviço pela comunicação por meio das redes sociais”.
 
CEO do Passeidireto.com, Rodrigo Salvador avalia que o resultado final do levantamento se mostra favorável à empresa, já que mais de 40% dos entrevistados demonstraram que podem trocar o WhatsApp pelas redes sociais. O executivo, porém, se mostrou surpreso com a quantidade de universitários que lembraram do recurso de mensagem de texto por celular. “O que surpreendeu foi que, apesar de estarmos falando de um público muito jovem e engajado, ainda há 11,7% de estudantes que preferem o SMS”.