Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

01/10/2013 às 09:30

WebRadar amplia foco com aquisição da Brasil Telematics

Escrito por: Redação
Fonte: ABINEE

Especializada em sistemas de análise de dados em tempo real, a brasileira WebRadar anuncia hoje oficialmente a aquisição de 100% das operações da Brasil Telematics, companhia local de equipamentos e softwares para a gestão de frotas. Os termos financeiros do acordo não foram revelados. Com a negociação, que envolveu também troca de ações, Dante Mattos, sócio majoritário da Brasil Telematics, passa a ter participação minoritária na WebRadar.

Financiada com recursos próprios, a aquisição reforça a estratégia de diversificação da atuação da WebRadar. Criada em 2007, com foco na oferta de sistemas para operadoras de telecomunicações, a companhia passou a ampliar recentemente seu escopo com softwares voltados aos segmentos de transporte, logística e de energia.

"Com o acordo, vamos combinar nossa tecnologia com um time que conhece profundamente os principais calos do mercado de transportes", afirma Adriano da Rocha Lima, executivo-chefe da WebRadar.

O acesso à base de 100 clientes da Brasil Telematics, com 10 mil veículos monitorados, é mais um elemento que irá acelerar o ganho de participação da WebRadar no segmento de transportes, diz Lima. A companhia irá incorporar os cerca de 30 profissionais da Brasil Telematics, além de contratar outros dez colaboradores para compor uma equipe dedicada exclusivamente a essa indústria.

Hoje, o portfólio da WebRadar no setor de transportes inclui sistemas que correlacionam uma série de informações de horário, local e clima, entre outras variáveis, para que uma transportadora possa definir o melhor trajeto para um motorista. Todos os dados são centralizados em um portal na internet, pelo qual as transportadoras conseguem controlar remotamente e em tempo real todo o percurso de cada motorista. O sistema emite também alertas no caso de infrações, como a ultrapassagem de limites de velocidade.

Dentro da tendência de grandes volumes de dados mais conhecida no setor de tecnologia da informação (TI) como big data - o portfólio da WebRadar envolve ainda sistemas para o setor de telecomunicações. Uma das aplicações possíveis é a análise de eventuais problemas vivenciados por clientes das operadoras. Os softwares permitem filtrar remotamente grupos de consumidores por parâmetros como região, perfil e padrão de serviço (2G, 3G ou 4G). Até o fim do ano, a companhia lança funcionalidades que trarão correção automática das falhas identificadas nessas redes.

Considerando todas as suas operações, a WebRadar coleta mais de 800 milhões de transações de dados por hora. Atualmente, o setor de telecomunicações responde por 75% da receita da empresa, que prevê fechar 2013 com um faturamento de R$ 16milhões. Descontando a carteira da Brasil Telematics, a companhia tem uma base de 80 clientes, que inclui nomes como Claro, Nokia e diversas operações da Nextel na América Latina.

"Hoje, temos clientes em pelo menos 15 países, que já representam cerca de 60% da nossa receita total", diz Lima.

Todos os clientes internacionais são atendidos pela equipe da WebRadar no Brasil. Para aprimorar esse processo, a empresa inaugura até o fim do ano seu primeiro escritório internacional. Com foco inicial nas ofertas de telecomunicações, a unidade será instalada nos Estados Unidos. Para a primeira incursão no exterior, está usando os recursos de um aporte realizado pela Intel Capital no início do ano. O valor não foi revelado.

A próxima parada internacional é a Europa. A WebRadar avalia alguns países para abrigar uma operação direta a partir do segundo semestre de 2014.