Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/04/2017 às 19:00

Windows engole o Linux e 'mata' open source nos servidores

Escrito por: Ana Paula Lobo
Fonte: Convergência Digital

A 28ª Pesquisa Anual do Uso de TI nas Empresas, divulgada pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (GVcia) FGV EAESP, nesta quarta-feira, 19/04, revela um dado significativo: o Linux cada vez mais perde espaço no Brasil.

De acordo com o levantamento, o sistema operacional da Microsoft, o Windows, detém 97% do mercado nos computadores pessoais e 73% nos servidores empresariais, com uma média de crescimento nos últimos três anos nesse segmento. Os sabores Unix - AIX, HP UX, Solaris- respondem por apenas 6% do mercado. "E são muito mais manutenção dos equipamentos do que vendas novas", pontua Meirelles. Na pesquisa em 2016, O Linux se manteve com 16%, o que significa que novas vendas não estão acontecendo com o sistema operacional. Os sabores Unix caíram 1%.

Nos computadores pessoais, o Linux está com apenas 1%. E nos servidores, onde já chegou a arranhar a Microsoft, esse percentual caiu e está, hoje, em 16%. Outros sabores open source respondem por 5%. "O Linux não se encontrou no Brasil. A interface é complicada e a tendência é de cair mais", projeta Meirelles.

Com relação aos  bancos de dados, Oracle, com 42% e Microsoft, com 31%, dominam o mercado brasileiro. Progress e IBM ficam bem atrás, cada uma, com 5%. "Esse é um mercado onde o domínio da Oracle e da Microsoft está muito consolidado. No mercado pessoal, a Oracle também está à frente da MS, por conta do MySQL", reporta o especialista da FGV.

Ainda no mercado empresarial, o bom e velho Excell segue em absoluta liderança de uso no Brasil. A planilha eletrônica da Microsoft é usada por 93% das empresas.